quarta-feira, 30 de maio de 2012


TAREFA 3

GRÊMIO ESTUDANTIL

História do Grêmio Estudantil Escola Anísio Teixeira

   No ano passado (2011) a escola Anísio Teixeira decidiu ter novamente um grêmio estudantil porque a 5 anos aproximadamente não existia.
Um mês e pouco depois do início das aulas fomos avisados que as turmas de 6ª e 7ª série (C10 e C20) poderiam se inscrever para participar . Tínhamos que montar um grupo ou seja uma chapa, contendo 10 alunos, podendo misturar as turmas e ciclos.
   Como nós eramos da C20 decidimos montar a nossa chapa com 9 colegas da mesma turma e 1 aluno da tarde. Nós já eramos amigos mas acho que com a chapa e a motivação de ganhar ficamos mais unidos.
   Foram formadas 4 chapas, sendo a nossa a chapa 2. Então começaram as campanhas, fizemos cartazes, panfletos, fizemos uma faixa e colocamos no colégio e apresentamos nossas propostas.

 O dia da votação foi no último dia das férias de julho e o resultado só saiu a noite. Ligamos para a escola ansiosos e disseram que a chapa 2 tinha ganhado.

Quando voltamos foi dado o anúncio oficial e vimos que ganhamos com 4 votos de diferença da chapa 4.
A partir dai começamos a cumprir nossas propostas. Realizamos campanhas na escola, torneios de futsal, festas, radio escolar, blog da escola, participamos de conferências.
Esse ano é a nossa despedida então queremos sair da escola com o dever cumprido. Vamos fazer o possível para realizar mais projetos.

Presidente: Bruna
Vice-presidente: Fernanda
Diretor Geral: Gian
Secretaria: Luiza
Tesoureiro: Gustavo
2 Tesoureiro: Arthur
Coordenadora de imprensa: Gabriela
Coordenador Esportes: Guilherme
Coordenador de movimento: Lucas
Coordenador cultural: Vitor



Uma das ações do nosso Grêmio saiu na Revista Gestão (Nova Escola)  edição de fev/março


Campanha: PENSE NISSO
Reportagem



Gestão da comunidade 

Quer um conselho? Forme um

Como ter um colegiado presente e atuante com representantes de todos os segmentos da escola



Necessidades da escola e da comunidade em pauta


Função consultiva | Sugerir parcerias
Em uma reunião do conselho da EMEF Professor Anísio Teixeira, em Porto Alegre, foram levantados dois problemas: o desperdício de material escolar e a falta de iniciativas que melhorassem a qualidade de vida. O conselho propôs uma parceria com o grêmio estudantil. Daí surgiu a ideia de fazer cartazes com o lema "Pense Nisso" e textos sobre o combate ao desperdício, o descarte correto do lixo e a alimentação saudável e divulgar as propostas na rádio da escola.


http://revistaescola.abril.com.br/gestao-escolar/quer-conselho-forme-681213.shtml?page=2


 CAMPEONATO DE FUTEBOL ORGANIZADO PELO GRÊMIO
 GRÊMIO DE ALUNOS DA ESCOLA ELEITOS EM 2011
 PREMIAÇÃO DO CAMPEONATO
 PREMIAÇÃO DO CAMPEONATO FUTEBOL



PARTICIPAÇÃO NA 
PRÉ-CONFERÊNCIA DIA 16/09/2011



quarta-feira, 9 de maio de 2012


Tarefa 2 - Cultivando a gentileza e a sensibilidade

2.1 - Organizar uma roda de leitura, declamação, dramatização de poesias, mímica, pensamentos, frases que traduzam amizade, alegria, afetividade, originando um momento de união e cordialidade entre alunos e professores. A poesia e as mensagens de incentivo devem ser colocadas em diferentes partes da escola, para serem visualizadas por todos que por ali passam. Palavras bonitas e delicadas se constituem em sementinhas que, regadas cotidianamente, frutificarão, enriquecendo e fortalecendo o nosso jeito cordial de ser e de viver.




TAREFA 2.1


   A equipe da Biblioteca da EMEF Anísio Teixeira  possui - deste 2011 - o Projeto Monitores, que consiste em treinar alunos para - no contraturno - auxiliarem nos serviços da biblioteca escolar, tanto no processamento técnico quanto na recepção  e também como coadjuvantes no atendimento ao público. 
   Entusiasmados com a perspectivas de passarem mais tempo na biblioteca escolar - que é um lugar que adoram - os alunos nem sempre têm idéia de toda as aprendizagens que desenvolverão. Embora aprendam e executem algumas técnicas ligadas à biblioteconomia, a função principal dos monitores exige deles a aprendizagem de lidar com o público de forma cordial e respeitosa. São eles que auxiliam na recepção das pessoas que adentram a biblioteca escolar, alcançando ou levando em mãos algum material, encaminhando algum aviso ou recado, buscando as turmas para o atendimento, recepcionando professores ou comunidade que chega em busca do acervo da biblio, compartilhando o espaço de trabalho junto com alunos e professores e auxiliando na manutenção da organização do espaço.
  O Projeto Monitores da Biblioteca, portanto, insere-se dentro da lógica de um verdadeiro projeto de Preparação para o Trabalho, uma vez que prepara os monitores para o atendimento ao público, na utilização da linguagem adequada e no deslocamento pelos espaços de forma racional e equilibrada.
  Aprendizagem árdua e gradual, visível contudo quando se confronta os momentos iniciais da monitoria com as atitudes com o passar do tempo.
  A evolução que os monitores apresentam com relação à utilização de fórmulas de cortesia e atitudes  de respeito e cortesia, enchem-nos de orgulho pelo trabalho de formação que realizamos.


    O grupo de monitores da biblioteca realizou este vídeo demonstrando o que é ser gentil e cordial, mostra toda a sensibilidade no contato com as pessoas, com amigos, colegas  e professores. Com este contato gentil com a comunidade escolar a nossa escola fica mais humana e feliz.



Créditos:
entrevistas: monitores da biblioteca: Agatha Fiorin, Laura Leite, Rafael , Eduardo Favin. Tiffani..
organização: Simone Grams Land- PET Letras
edição:  Ana Paula Vial _PET Letras
Coordenação: Cláudia Oberrather - bibliotecária; Ana Zatt - prof Português



TAREFA 1 – Refletindo sobre suas formas de se relacionar com os colegas e demais pessoas na escola
Tarefa 1.1







Turma B14, professora Valquiria, realizando o painel com seus alunos.


Promover um debate abordando as questões que seguem:

* Quando me dirijo a professores, funcionários e colegas, utilizo palavras gentis?

* Quando preciso solicitar algo ou colocar uma situação de dificuldade que esteja me preocupando, procuro conversar com as pessoas que poderão me ajudar a resolver o meu problema ou adoto atitudes mais impulsivas que podem gerar conflitos e acabar ocasionando problemas maiores?

* Como gosto que as pessoas se dirijam a mim?

Após o momento de reflexão, elaborar:

1.1 - um painel representando o grau de gentileza do grupo participante da reflexão. A equipe deverá usar sua criatividade para fazer esta representação que poderá ser de diferentes formas (gráficos, tabelas ...).

terça-feira, 8 de maio de 2012

1.2 - um dicionário de palavras gentis e fraternas que devem fazer parte do universo das expressões de tratamento no ambiente escolar e, consequentemente, na vida de todos nós.  












video
Turma A34 realizou a atividade com as professoras: Ana Bragagnolo e Ana Cristina Gestrich(música).

segunda-feira, 7 de maio de 2012

PRIMEIRAS TAREFAS:
ATENÇÃO EQUIPE ANISIO EM AÇÃO

Objetivos:

* Despertar o aluno para a importância das relações na vida em sociedade.

* Buscar conscientizá-lo para a aprendizagem de maneiras de tratamento e interação social que expressem delicadeza, simpatia para com o outro, resultando na arte de tornar-se uma pessoa gentil e promotora de atitudes gentis, dando leveza e harmonia aos ambientes por anda passa e age.


TAREFA 1 – Refletindo sobre suas formas de se relacionar com os colegas e demais pessoas na escola

Promover um debate abordando as questões que seguem:

* Quando me dirijo a professores, funcionários e colegas, utilizo palavras gentis?

* Quando preciso solicitar algo ou colocar uma situação de dificuldade que esteja me preocupando, procuro conversar com as pessoas que poderão me ajudar a resolver o meu problema ou adoto atitudes mais impulsivas que podem gerar conflitos e acabar ocasionando problemas maiores?

* Como gosto que as pessoas se dirijam a mim?

Após o momento de reflexão, elaborar:

1.1 - um painel representando o grau de gentileza do grupo participante da reflexão. A equipe deverá usar sua criatividade para fazer esta representação que poderá ser de diferentes formas (gráficos, tabelas ...).

1.2 - um dicionário de palavras gentis e fraternas que devem fazer parte do universo das expressões de tratamento no ambiente escolar e, consequentemente, na vida de todos nós.

Pontuação total da tarefa: 80 pontos

> 30 pontos para o momento de reflexão, acompanhado pela representação do nível de gentileza do grupo participante.

> 1 ponto, por palavra colocada no dicionário, perfazendo um total de até 50 pontos para esta tarefa.


Tarefa 2 - Cultivando a gentileza e a sensibilidade

2.1 - Organizar uma roda de leitura, declamação, dramatização de poesias, mímica, pensamentos, frases que traduzam amizade, alegria, afetividade, originando um momento de união e cordialidade entre alunos e professores. A poesia e as mensagens de incentivo devem ser colocadas em diferentes partes da escola, para serem visualizadas por todos que por ali passam. Palavras bonitas e delicadas se constituem em sementinhas que, regadas cotidianamente, frutificarão, enriquecendo e fortalecendo o nosso jeito cordial de ser e de viver.

Pontuação da tarefa: 10 pontos técnica usada

10 pontos pela postagem

ATENÇÃO!!! Prorrogado prazo limite de publicação da Tarefa 3 - 30/05/2012

Tarefa 3 - Reivindicando pelo diálogo: desenvolvendo as relações pelo exercício dos Direitos e Deveres

Como seres essencialmente sociais que somos e vivendo organizados em pequenos e também grandes grupos, como na família e na escola, por exemplo, a interação pelo diálogo com o outro torna-se um fator fundamental para o alcance das soluções necessárias a um convívio sadio, produtivo e promotor de realizações que contribuem para a melhoria das condições de vida de todos. Faz parte do compromisso educacional da escola proporcionar vivências que gerem experiências construtivas no sentido de mostrar ao adolescente as formas democráticas de se fazer ouvir num coletivo. Na interação democrática, vivenciamos o exercício dos direitos e deveres com toda a capacidade de análise e reflexão que o acompanha. Esta prática do diálogo é o caminho para alcançarmos os nossos objetivos com consciência e fraternidade.

3.1 – Criação do Grêmio Estudantil da Escola: primeira instância de exercício democrático organizado

Pesquisar sobre o que é, o que faz e como se constitui um Grêmio Estudantil.

Pontuação da tarefa: 25 pontos

3.2 – Instituir um Grêmio Estudantil em sua escola

Pontuação da tarefa: 25 pontos


IMPORTANTE: A equipe deverá, além de realizar a tarefa, registrar com fotos os vários momentos, postando no blog.

No momento da postagem,

identificar com clareza as tarefas

para que seja possível avaliar o atendimento das solicitações.